skip to Main Content
x

Para consultas relacionadas com o negócio de cabo, por favor, mande um e-mail para:
sales@telxius.com

Nossos cabos
SAm-1

O SAm‑1 é um cabo submarino de quase 25.000 km em forma de anel que circunda a América Latina. É o quinto maior cabo submarino do mundo em extensão e sua capacidade é de 20 terabits por segundo (Tbps). Possui extensões a Equador, Colômbia e República Dominicana, além dos backbones terrestres transandino (Andes) e transguatemalteco (Guatemala).

SAm-1_corte_otros_cables_ok22
PCCS

Este cabo americano tem mais de 6.000 quilômetros de extensão e uma capacidade de 45 terabits por segundo (Tbps). Proporciona um novo acesso para o Equador, Colômbia e Panamá, com entrada diversificada aos Estados Unidos através de Jacksonville. Está funcionando desde 2015.

2.PCCS
Unisur

Este cabo possui 265 quilômetros de extensão e interliga Las Toninas (Argentina) a Maldonado (Uruguai). Está em funcionamento desde 2014.

3 UNISUR
Sat-3

Este cabo de 14.350 quilômetros liga a Europa, através das estações de Altavista (Ilhas Canárias ‑ Espanha) e Lisboa (Portugal), a vários países da costa ocidental da África. Desde que começou a funcionar em 2002, já se beneficiou de vários prolongamentos, até atingir sua extensão atual. Utiliza tecnologia de última geração.

5 SAT 3
Atlantis II

É o único sistema de cabo submarino no Atlântico Sul que interliga diretamente Europa (Espanha e Portugal), África (Senegal e Cabo Verde) e América do Sul (Brasil e Argentina). Tem 13.083 quilômetros de extensão com um total de 6 pontos de conexão (landing points). Está funcionando desde dezembro de 1999.

4.ATLANTIS II
Est-Tet

Com 112 quilômetros de extensão, este cabo liga a Europa à África, cruzando o estreito de Gibraltar e unindo as localidades de Estepona (Espanha) e Tétouan (Marrocos). É propriedade da Telxius e da Maroc Telecom.

corte EST-TET
Alpal-2

Seus 304 quilômetros sem repetidores ligam Ses Covetes, na ilha de Mallorca (Espanha) a El Djamila (Argélia). É propriedade de um consórcio formado pela Telxius, Algerie Telecom e outras operadoras.

corte Alpal